Novembro/19

Tons In Bossa | Homenagem à Leny Andrade 01

Tons In Bossa | Homenagem à Leny Andrade

|| SHOW ||

Repertório musical devidamente selecionado, que inclui refinados medleys (pot-pourri) jobinianos; sambas afrobrasileiros, dos parceiros Vinicius
de Moraes e Baden Powell; sofisticados temas do compositor Jonhy Alff; a brejeirice do pianista e compositor João Donato; músicas consagradas de Durval Ferreira e Mauricio Einhorn; e os sambas de Cartola.

Os arranjos são criados pelo grupo, composto por Rosana Marques (#Voz),
Alexandre Alles (#Teclado),
Hermínio Junior (#Saxofone)
e Rhuan de Moura (#Bateria).
||PROJETO ||

Este é um projeto idealizado pelo grupo Rosana Marques & Banda,
que desde o ano passado vem realizando estudos acerca deste importante movimento da música brasileira.

Além de percorrer a obra dos ícones bossa-novistas como o maestro Antônio Carlos de Almeida Jobim (1927-1994), Vinicius de Moraes (1913-1980), Carlos
Lyra (1933), Menescal (1937), João Gilberto (1931-2019), dentre outros, o grupo dedicou-se na pesquisa de compositores pouco conhecidos, mas igualmente responsáveis pelo surgimento da bossa nova no Brasil, como: Jonhy Alff (1929-2010), Luis Eça do Tamba trio (1936-1992),
João Donato (1934), Durval Ferreira (1935-2017), Mauricio Einhorn (1932), entre outros.

Havia duas correntes no movimento: a bossa mais cult, dos jovens compositores da zona sul carioca; e a bossa mais jazzística, dos músicos da Vila Isabel, zona norte do RJ.

Uma das maiores intérpretes desta segunda corrente é Leny Andrade (1943). Com 60 anos de carreira e 75 de idade, ela domina com grande habilidade
a técnica dos "scats singing" (canto vocalizado do Jazz), que aprendeu com outra grande intérprete e
compositora do movimento, Dolores Duran (1930-1959). Além disso, sua versatilidade transita por baladas românticas, boleros, salsas, sambas, canção
e sambas jazz, com uma boa dose de técnica e emoção, sem que uma anule a outra.

O grupo Rosana Marques & Banda, que desde 1990 dedica-se a obra de compositores e movimentos da nossa música, traça um paralelo entre estas duas
correntes da bossa, tendo como referência Leny Andrade.

Arpoio:
FM Cultura
TVE-RS

Local

  • Cirkula Livraria e Editora - Av. Osvaldo Aranha, 522

Data

  • 01 de Novembro, às 19h